Aqui no diversos poemas você irá encontrar os mais diversos poemas feitos por mim ou por escritores famosos ou desconhecidos. Todos os dias iremos postar novos poemas para vocês! Caso tenha algum poema de sua autoria é só mandar para nós que postaremos o mais breve possível, é só mandar para diversos-poemas@hotmail.com.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

A Felicidade

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar

A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
Pra tudo se acabar na quarta-feira

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranqüila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor

A felicidade é uma coisa boa
E tão delicada também
Tem flores e amores
De todas as cores
Tem ninhos de passarinhos
Tudo de bom ela tem
E é por ela ser assim tão delicada
Que eu trato dela sempre muito bem

Tristeza não tem fim
Felicidade sim

A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite, passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor
Pra que ela acorde alegre com o dia
Oferecendo beijos de amor




                                  

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Românticos

Românticos são poucos,
Românticos são loucos, desvairados
Que querem ser o outro,
Que pensam que o outro,
É o paraíso.

Românticos são lindos,
Românticos são limpos e pirados
Que choram com baladas,
Que amam sem vergonha e sem juízo
São tipos populares, que vivem pelos bares
E mesmo certos vão pedir perdão
E passam a noite em claro
conhecem o gosto raro
De amar sem medo de outra desilusão
Romântico é uma espécie em extinção.


Vander Lee



                             

terça-feira, 21 de maio de 2013

Nada como o tempo

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquele alguém que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente não é o "alguém" da sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.

O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!


Autor: Desconhecido


Clique aqui para baixar este poema


                                  


sexta-feira, 17 de maio de 2013

Sempre haverá um amanhã

O amanhecer traz um novo dia e o sol volta a brilhar.
A vida é um caminho que não sabemos onde vai dar,mesmo assim continuamos caminhando sempre sem parar.
Todos os animais sabem ou pressentem quando o caminho está chegando ao final. 
O homem, embora tenha alma e consciência não sabe quando o caminho acaba e despenca como num grande tombo. 
Até os elefantes quando sentem que estão partindo, vão para seu lugar de descanso.
O ser humano continua caminhando como se quisesse a eternidade E quer realmente a vida eterna.
Até hoje pesquisam e buscam a fonte da juventude e da vida eterna.
O sol continua brilhando mesmo se não abrirmos nossas portas para saudá-lo. Mesmo que as nuvens encubram o céu, mesmo que a chuva caia, o sol está lá por trás de tudo com toda sua força, gerando o dia, gerando a vida.
Se acreditamos em uma força maior sabemos que a vida nunca termina e que o sol irá brilhar para nós em qualquer lugar que estejamos.
Quem acredita na vida não morre jamais.da vida. 


Silvia Aparecida Maia

BAIXAR ESTE POEMA
                                       

domingo, 12 de maio de 2013

Demorou mais eu aprendi


Aprendi..
Que amores eternos podem acabar em uma noite; 
Que grandes amigos podem se tornar ferrenhos inimigos;
Que o amor, sozinho, não tem a força que imaginei; 
Que ouvir os outros é o melhor remédio e o pior veneno; Que nunca conhecemos uma pessoa de verdade, 
afinal gastamos a vida inteira para conhecermos a nós mesmos; 
Que confiança não é artigo de luxo, e sim de sobrevivência; 
Que os poucos amigos que te apóiam na queda são muito mais fortes do que os muitos que te empurram;
Que o " nunca mais" nunca se cumpre; 
Que o "para sempre" sempre acaba; 
Que minha família, com suas 1000 diferenças, está sempre aqui quando preciso; 
Que ainda não inventaram nada melhor que colo de mãe desde que o mundo é mundo; 
Que vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo; 
Que vou cair e levantar milhões de vezes...
E ainda não vou ter aprendido tudo!

Autor  Desconhecido 

Clique aqui para baixar este poema



                    

terça-feira, 19 de março de 2013

Eu te odeio, porém te amo


Eu te odeio, porém te amo...chata ou insuportável?
Não sei do que te chamo.

Te quero longe, mas te quero perto de mim...Confesso a você: "Estou mergulhado num amor sem fim"

Você é metida...Você é convencida...dá raiva em dizer, mas você já faz parte da minha vida.
Você me chama de chato e diz que não sou ninguém, mas mesmo assim não sei porque você me faz tão bem.

Você me pertuba demais...e quando eu te pergunto: "Você me ama?"...Você diz: "Jamais".

Quaria que você sumisse, mas queria que vivesse eternamente....Amor ou ódio?  O que por mim você sente?

Você é totalmente incrível e legal...eu nunca imaginei encontrar alguém assim tão especial.

Eu te odeio, porém te amo...chata ou insuportável?
Você escolhe...

Do que eu te chamo?

Luciano Gallagher

                    

sexta-feira, 15 de março de 2013

O amor ainda existe.


O amor ainda existe.

É nos rios serenos
que banham os nossos corpos 
que o encontro todas as manhãs
do nosso amor.

O amor ainda existe

Na serenidade do meu olhar
conquistada pela força
do perdão
quando um dia acordei
apos uma longa e tenebrosa
noite de desespero
e desilusão.

O amor ainda existe

Reflectido em duas estrelas
que iluminam as nossas vidas
impulsionadas pela luz e calor
que irradia do nosso amor
Existe na palma das minhas mãos
onde protejo
todo o meu mundo

e o meu coração.